Os DJs Encontro Milongueiro 2015 Encontro Milongueiro Eng Encontro Milongueiro Esp Encontro Milongueiro It Encontro Milongueiro Fr

 Dj Gato Milongueiro (Pt)

Sou, desde Novembro de 2005 (no Café Lusitano, Porto, Portugal) e com periodicidade mensal, DJ residente de “Noche de Tango!”.

É para mim um grande privilégio preparar e gerir a musicalização de uma milonga - no final de contas, tudo se resume a um duro e exigente cuidado por todos os milongueiros presentes na sala de baile.

...y siga el Tango!


Dj Silêncio (Pt)

“Acredito que cada Milonga tem uma identidade e energia própria e que o musicalizador tem um papel decisivo no rumo da pista de baile e, consequentemente, na felicidade de todos os seus participantes. Procuro ler a cada instante a energia e emoções da pista e adequar as minhas escolhas musicais a cada situação, sem nunca comprometer a tradição rioplatense. O desafio é retirar de cada orquestra típica a emoção mais favorável à milonga.

Sou um dos organizadores da Milonga a Promotora, onde sou um dos Djs residentes. Sinto que a música tem um papel crucial no bem-estar de cada ser humano."

 Dj Fred Romero

Fred é uma presença habitual nas Milongas milongueiras e há mais de 10 anos que ensina tango milongueiro.  Tem um bom conhecimento da pista de dança e das expectativas dos bailarinos.

A sua musicalização é de um registo bem clássico e tradicional é a paixão que dá energia à milonga com uma selecção de cortinas brilhantes e, por vezes, comprometidas.

A excelência das suas selecções musicais cada vez mais organizadores europeus a solicitar as suas habilidades.

 Dj Philippe Gonella (Fr)  

Chamo-me “El gitango" porque me considero como um milongueiro errante, que ensina, que organiza encontros milongueiros, que musicaliza e tudo isto apenas por uma razão: Amo o Tango. A música que coloco descrevo-a como simples e muito bailável, a maior parte dela retirada da Época de Ouro, com os seus respectivos cantores, porquanto a poesia e sua letra dão ao Tango todo um outro sentido.

Busco cada vez mais e com todo o meu coração o sentir e seguir o rasto da energia da pista de baile, aquilo a que também chamamos de famosa “blue note”.


Programa

Quinta-Feira, 5 FEVEREIRO 2015

22H00----22H30: Recepção e Boas Vindas

22h30-----03h00: Milonga com o Dj. Christian Walker


Sexta-Feira, 6 FEVEREIRO 2015

15H00----19H00: Milonga com o Dj. Philippe Gonella

22h30-----03h00: Milonga com o Dj. Gato Milongueiro

 

Sábado, 7 FEVEREIRO 2015

15H00----19H00: Milonga com o Dj. Silencio

20h00-----22h00: Jantar

22h30-----03h00: Milonga com o Dj. Chamaco

 

Domingo, 8 FEVEREIRO 2015

13h00-----15h00: Almoço

15H00----21H00: Milonga com o Dj Fred Romero

 Dj Chamaco (It)

photo by Gaz Blanco

Comecei a musicalizar em 2007 e, pouco a pouco, fui encontrando o meu estilo, muito construído à base de um equilibrio entre tandas baseadas no ritmo e na melodia. 90% da minha seleção musical vem do período de 1936-1945 (idade de ouro), com algumas incursões no período 1930-35. Depois de muitos anos a musicalizar em todo o tipo de milongas e de eventos internacionais, desenvolvi a minha própria abordagem ao papel do musicalizador. Penso que o musicalizador se relaciona com os bailarinos como, num par, o “líder” se realcionar com o “follower”: o musicalizador, como “líder”, tem o previlégio e o peso/responsabilidade de propôr (sem impôr) algo ao grupo de bailarinos que constituem a milonga, ganhando pouco a pouco a sua confiança, a confiança dos bailarinos da milonga. Tal como um par começa por realizar passos simples, normalmente as minhas noites são baseadas em orquestras bem conhecidas da “idade de ouro”, e nas horas de pico da milonga raramente não escutarás D´Arienzo, Di Sarli, Biagi, Calò, Fresedo, Canaro and Troilo. Por isso, tal como acredito que um bom bailarino não é aquele que exibe passos para a sua parceira ou para audiência, acredito que um bom dj é aquele que usa, com grande moderação, “preciosidades não ouvidas”, que, para mim, são como condimentos: um pouco de condimento é bom, dá mais sabor; demasiado condimento apenas abafa o gosto do prato principal.

Especialmente não fazer experiências à custa dos participantes na pista! Como eu não domino nenhum instrumento, eu sempre apreciei a música de Tango pela sua possibilidade de ser dançada.

 Dj Christian Walker (De)

Procura sapatos de Tango? Escolha aqui e fale connosco
Quem somos Milonga a Promotora Encontro Milongueiro As aulas Lisboa Milongas Contatos